Menu Interno


Apesar das barreiras, Brasil lidera exportação para Rússia


Apesar do recente embargo russo a frigoríficos exportadores, incluindo três indústrias brasileiras - dois da JBS e um da Seara Alimentos-, o Brasil mantém a liderança das exportações de carnes bovina, suína e de frango para Moscou em 2010. Os Estados Unidos foram desbancados e não estão nem entre os três maiores exportadores de carne suína. Além disso, os EUA caíram para a terceira posição do ranking da exportação de carne de frango, sendo também ultrapassados pela Alemanha.

A Rússia tem investido na produção doméstica de carnes, nos últimos anos, e graças à grandes investimentos, a produção nacional de aves passou a ocupar de 70% a 75% do consumo. Já a produção de carne suína não apresentou um crescimento relevante nos últimos anos. No acumulado de 2010, a produção nacional ficou 28,7% maior que no mesmo período do ano passado. Apenas a produção de carne bovina tem sofrido diminuição. Entre janeiro e julho deste ano houve uma redução de 3% se comparada com o mesmo período do ano passado. Mas a carne bovina representa apenas 4% do total de proteína animal consumida no país; a carne suína 20% e o frango 75%.

(Portal Suínos/RS)

Voltar