Menu Interno


Spenelli reinicia cobertura recomendando manter ações


Para o analista de alimentos da Spinelli, Max Bueno, apesar da melhora operacional experimentada pelas empresas do segmento no segundo trimestre, o elevado endividamento continua a surtir impactos relevantes no resultado final, neutralizando boa parte dos efeitos positivos da recuperação gradual do merco externo e do recuo nos preços dos grãos.

No relatório de reinício de cobertura, a recomendação é para manter as ações da empresa.

O preço-alvo estipulado é de R$ 21,30, correspondendo a um potencial de valorização de cerva de 24%.
No caso da Marfrig, apesar do forte histórico de crescimento e experiência na integração de empresas adquiridas, nos preocupa a atual situação de seu fluxo de caixa, especificamente a desproporção entre sua geração operacional de caixa com as atividades de investimentos e a necessidade de amortização de sua dívida, próxima de quatro vezes a geração de caixa.

(Jornal Brasil Econômico, Investimentos/SP)


Voltar