Menu Interno


Marfrig: compra da Keystone e otimismo no setor levam BB a revisar preço potencial.


Demonstrando otimismo na aquisição da Keystone Foods e no cenário para o setor em que atua, o Banco do Brasil Investimentos recomenda a compra dos papéis da Marfrig (MRFG3), atribuindo a eles preço potencial a 12 meses de R$ 29,40, cifra equivalente a um upside (potencial teórico de valorização) de 63,4%, conforme o fechamento do último pregão.

"Atualizamos nossas estimativas para Marfrig, levando em consideração a recente aquisição da Keystone Foods e atualizações no cenário macroeconômico", comenta Mariana Marcolin Peringer, analista que assina o relatório do banco.

Keystone: um bom negócio
No tocante à recente aquisição, o otimismo deriva do fato de a companhia entrar no segmento de distribuição, além de sua entrada no mercado americano e asiático. "Acreditamos que o deal está de acordo com a estratégia de internacionalização e diversificação geográfica e de proteínas da companhia", avalia Peringer.

"Keystone reforçará a presença mundial da Marfrig no business de produtos processados com foco no Food Service".

Além disso, o BB prevê uma economia anual de cerca de R$ 100 milhões referentes a sinergias entre as empresas. "No médio e longo prazo o deal é extremamente positivo. Acreditamos na capacidade de turnaround da Marfrig e no potencial de aumento de margens da Keystone".
Nem mesmo "a redução no patamar de margem de rentabilidade consolidada da Marfrig", apontada como o principal impacto negativo e de curto prazo, é capaz de ofuscar o viés bastante positivo da analista sobre a empresa.

Setor aquecido
Já com relação ao mercado, Peringer observa que "os fundamentos que regem o cenário macroeconômico para o setor são favoráveis", com avanço na quantidade e nos preços das exportações de carne, simultaneamente a um mercado doméstico aquecido em virtude do maior acesso ao crédito e da elevação da renda do consumidor.

Além disso, a analista acredita que "a melhora no segmento de carnes no Brasil, com recuperação da oferta de gado e o baixo patamar de preços dos grãos, devem se refletir positivamente nos custos da companhia."
Avaliação positiva

"A Marfrig é uma empresa com uma estratégia bastante clara e definida nos pilares da diversificação, internacionalização e foco nos produtos de maior valor agregado", conclui o BB.

(Portal InfoMoney, 26.07.2010)



Voltar