Menu Interno


Radar: comece o pregão sabendo as novidades do cenário corporativo.


SÃO PAULO - Embora os negócios em Wall Street desfrutem de uma manhã em campo positivo e na Europa, mesmo com os números decepcionantes da agente, os principais índices também avancem, os referenciais norte-americanos a serem publicados nesta sexta-feira (1) merecem especial atenção por parte dos investidores.

Às 9h30 de Brasília, sai o núcleo do PCE (Personal Consumption Expenditures), uma das medidas de inflação mais avaliadas pelo Federal Reserve e que, segundo projeções, deve marcar alta de 0,1% em agosto. No mesmo horário, o mercado conhecerá a avaliação da renda individual dos norte-americanos (Personal Income) e os gastos dos consumidores com bens e serviços (Personal Spending), ambos referentes ao mês de agosto.

Às 11h00, nova bateria de dados traz os números do Construction Spending, que mede os gastos públicos e privados com construção de imóveis, além do ISM Index, responsável pela mensuração do nível da atividade industrial nos EUA - espera-se que o indicador aponte desaceleração de agosto para setembro.

Da agenda dos EUA aos números publicados nesta manhã, destaque ao desemprego na Europa. A Eurostat - órgão oficial de estatísticas da Comissão Europeia - divulgou que a taxa de desemprego na Zona do Euro em agosto se manteve estável frente a julho, em 10,1%. Já a Markit Economics divulgou dados sobre a atividade da indústria, medido pelo índice PMI europeu de setembro. O indicador apresentou uma queda de 55,1 pontos para 53,7 pontos, na passagem de agosto para setembro.

Petrobras
A Petrobras (PETR3, PETR4) teve de repassar ao governo R$ 6,991 bilhões para completar o pagamento pelas reservas do pré-sal compradas pela empresa no processo da cessão onerosa, de acordo com informações divulgadas pela companhia na noite da última quinta-feira.

O documento da companhia detalha os resultados da capitalização após a liquidação dos pedidos de reserva por novas ações, que ocorreu na quarta-feira na Bolsa de Valores de São Paulo. No balanço final de sua capitalização, a empresa captou R$ 115,052 bilhões, sendo que R$ 67,815 bilhões foram obtidos em forma de títulos emitidos pelo Tesouro. Cabe lembrar que a empresa ainda tem opção de lançar um lote suplementar de ações.

GOL
A GOL (GOLL4) informou na última quinta-feira ter iniciado a distribuição da quarta emissão de debêntures da VRG Linhas Aéreas, para levantar R$ 600 milhões, cifra que será utilizada para o pré-pagamento do saldo remanescente de R$ 378 milhões da terceira emissão de debêntures da VRG Linhas Aéreas emitida no último ano.

"Essa operação está em linha com o objetivo da GOL em continuar a alongar seus compromissos financeiros e desalavancar o balanço patrimonial de forma consistente", informou Leonardo Pereira, vice presidente financeiro, TI, planejamento e relações com investidores da companhia, em comunicado.

CPFL
A CPFL (CPFE3) também se destaca no noticiário nesta manhã, pois o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) aprovou o financiamento para companhia construir sete parques eólicos em Parazinho (RN). O banco de fomento participará com 71,6% do valor total do projeto, que atinge R$ 801,8 milhões.

MMX e LLX
Após anúncio realizado no início do último mês, a MMX Mineração (MMXM3) finalmente fechou, na última quinta-feira, os contratos definitivos que estabelecem um aporte de R$ 1,193 bilhão da sul-coreana SK Networks na companhia, simultaneamente à incorporação da LLX Sudeste, controlada pela LLX Logística (LLXL3).

Com o acordo firmado, a SK compromete-se a subscrever cerca de 85,49 milhões de novas ações ordinárias a serem emitidas pela MMX. Além disto, ambas também assinaram contrato de longo prazo envolvendo o fornecimento de parte da produção de minério de ferro do sistema Sudeste à SK, e de até 50% da produção total de minério das minas da MMX no Chile.

Estácio
Com o encerramento do processo de bookbuilding na véspera, as ações da Estácio Participações (ESTC3) alvo de oferta primária e secundária foram precificadas em R$ 19,00, ficando, assim, abaixo da cotação de fechamento dos papéis já listados na Bovespa, R$ 19,41.

Com exercício total do lote inicial e da opção de lote suplementar, foram colocadas no mercado 36 milhões de ações, correspondendo a uma captação total de R$ 685,5 milhões. Os papéis têm estreia prevista na BM&F Bovespa na segunda-feira (4).

SulAmérica e Credicard
Nesta sexta, destaque também ao anúncio da parceria entre SulAmérica (SULA4) e Credicard, visando o lançamento do cartão de crédito SulAmérica Credicard Auto, o qual permitirá maior parcelamento do valor do seguro no cartão, aumento no prazo de pagamento da primeira parcela, além de oferecer descontos e bônus aos seus clientes.

Inicialmente, o cartão co-branded será oferecido apenas aos clientes do seguro de automóvel da companhia e posteriormente, durante o ano de 2011, estenderá a oferta para os clientes das demais carteiras da seguradora. A expectativa é atingir uma carteira de 500.000 cartões, ao longo do contrato de 10 anos.

Marfrig
Por fim, o Marfrig (MRFG3) informou que concluirá nesta sexta-feira a compra da Keystone Foods pelo valor de US$ 1,26 bilhão. A aquisição já havia sido anunciada em meados de junho e esperava pelas autorizações dos órgãos reguladores dos EUA e da Europa, concedidas nesta sexta-feira, restando apenas alguns detalhes para o anúncio oficial, que deverá ser comunicado ao mercado ainda nesta sessão.

(Portal Yahoo)


Voltar