Menu Interno


Grupo Marfrig participa de reunião anual do Global Roundtable on Sustainable Beef sobre a produção da carne sustentável


São Paulo, 29 de outubro de 2012 - A Marfrig Beef, divisão de alimentos à base de carne bovina e ovina do Grupo Marfrig, participou, no início de outubro, de reunião anual do Global Roundtable on Sustainable Beef (GRSB), iniciativa criada em Fevereiro de 2012 que busca o incentivo à produção sustentável de carne bovina por meio do engajamento de diferentes elos da cadeia de valor. O evento ocorreu na reserva biológica de Archbold, no centro da região pecuária no estado da Flórida, EUA.

Durante os três dias do encontro, os técnicos da Marfrig Beef aprofundaram discussões sobre produção sustentável em duas propriedades locais, com foco na atividade de criação de animais e conservação de recursos hídricos, em consonância com o desafio de preservarção dos Everglades, santuário ecológico localizado no sul do Estado. Essas atividades alinham-se com iniciativas da companhia em suas operações globais. Em março passado o Grupo Marfrig iniciou sua "Pegada Hídrica", tornando-se a primeira empresa no setor de produção de proteínas a realizar um projeto de gestão de recursos hídricos com elevado grau de detalhamento, utilizando a metodologia Water Footprint Network.

A participação no Working Group on Forests, atividade paralela ao GRSB, proporcionou importante atualização sobre o sistema da Marfrig de monitoramento geoespacial no bioma Amazônia, pioneiro no setor no combate a desmatamentos envolvendo propriedades na sua cadeia de fornecedores, assim como o Marfrig Club, programa que visa garantir através da disseminação das boas práticas de produção a sustentabilidade da cadeia produtiva da empresa. Na primeira metade de 2012 o Grupo Marfrig tornou-se a primeira indústria de alimentos do setor de proteína animal no mundo a rastrear o ciclo produtivo completo de produção de carne bovina com a chancela do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) e da Rainforest Alliance. A unidade Tangará da Serra (MT) foi autorizada a produzir e comercializar internacionalmente produtos com o "selo verde da pecuária".

A empresa passará a integrar o grupo de discussões e atuará, entre outras frentes, na melhoria da comunicação de iniciativas positivas no âmbito da pecuária sustentável, o maior diálogo e envolvimento entre diferentes elos da cadeia de valor, assim como a busca de engajamento do consumidor final na valorização de práticas sustentáveis na pecuária.



Voltar