Menu Interno


Grupo Marfrig conclui Inventário Global de Emissões de Carbono no Escopo 3


São Paulo, 30 de julho de 2012 - O Grupo Marfrig concluiu seu primeiro Inventário de Emissões Globais de Gases de Efeito Estufa (GEE) no Escopo 3, que engloba as fontes de emissões que não estão sob o controle direto da Companhia, como a produção de grãos utilizados nas rações, as emissões entéricas dos ruminantes e o transporte terceirizado dos produtos aos clientes, entre outras.

"Esta iniciativa pioneira é fundamental para que a Companhia possa conhecer a pegada real de carbono dos seus produtos e estabelecer estratégias mais amplas de reduções, visando a adequação de todas as cadeias numa economia de emissões controladas", explica Clever Ávila, Diretor de Sustentabilidade do Grupo Marfrig.

A variedade de produtos e cadeias de suprimentos e a distribuição geográfica pulverizada das suas unidades produtivas no globo constituíram-se no maior desafio para a realização deste inventário. O Grupo Marfrig é a empresa de alimentos mais diversificada do setor, tendo em seu portfólio produtos a base de carnes de frango, peru, suínos, bovinos, ovinos, peixes, vegetais, massas e doces, entre outros. De granjas de produção de matrizes e confinamentos, fábricas de rações e incubatórios, unidades industriais de alimentos e de couro até escritórios e centros de distribuição, o inventário concentra dados de 315 sites da Companhia, em 22 países em 5 continentes.

Foram cinco meses de trabalho de apuração, análise e consolidação dos dados em uma plataforma de informações especialmente criada para esta tarefa, que envolveu 90 profissionais da empresa, 5 workshops globais para discussão e treinamento das equipes e diversas teleconferências semanais. O Inventário Global de Emissões de GEE Escopo 3 do Grupo Marfrig foi elaborado de acordo com os requerimentos da norma ISO 14064-1:2007 e auditado pela SGS - Société Générale de Surveillance, líder global de serviços de inspeção, verificação, teste e certificação de processos.

Uma das conclusões imediatas que este inventário já propiciou é que aproximadamente 95% das emissões são geradas justamente no Escopo 3. "Esta constatação nos leva a direcionar os esforços agora para a construção de um programa conjunto de redução de GEE com os nossos fornecedores, entre eles, produtores rurais de grãos e animais, fornecedores de energia e de embalagens e operadores logísticos", revela Ávila.

Desde 2010, o Grupo Marfrig vinha realizando inventários de GEE nos escopos 1 (Emissões diretas, dos processos próprios) e 2 (Emissões indiretas de energia adquirida) e estabeleceu um plano de redução de 30% da intensidade de emissões nestes escopos até 2020. A companhia já conquistou aproximadamente 50% deste objetivo através de melhorias nos sistemas de tratamento de efluentes e substituição de combustíveis fósseis por renováveis.

"Com o entendimento e o engajamento dos nossos fornecedores, temos a oportunidade de aprimorar a forma de produção de alimentos à base de carnes no planeta, objetivando a redução das emissões ao longo de todas as cadeias produtivas", conclui João Sampaio, vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Marfrig.

 



Voltar