Menu Interno


Marfrig é a primeira indústria de carnes do mundo a receber o selo Rainforest Alliance Certified


São Paulo, 11 de junho de 2012 - O Grupo Marfrig tornou-se a primeira indústria de alimentos do setor de proteína animal no mundo a rastrear o ciclo produtivo completo de produção de carne bovina com a chancela do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) e da Rainforest Alliance, uma das organizações mundiais pioneiras na elaboração de protocolos para proteção florestal criada há 25 anos nos Estados Unidos.

A partir deste mês, a unidade Tangará da Serra (MT) está autorizada a produzir e comercializar internacionalmente produtos com o "selo verde da pecuária". Este é o único certificado no mundo a atestar 136 critérios socioambientais distintos em fazendas de pecuária, que vão desde a redução da emissão de gases do efeito estufa, à implementação de práticas de bem-estar animal e condições sociais com os funcionários e suas famílias.

Os requisitos para a certificação foram estabelecidos pela Rede de Agricultura Sustentável (RAS), entidade internacional que congrega organizações conservacionistas e independentes e detentora da norma de certificação que dá direito ao uso do selo Rainforest Alliance Certified. A auditoria foi conduzida pelo Imaflora, credenciado oficialmente para outorgar o certificado Rainforest Alliance Certified no Brasil.

"Esse é um novo movimento global e pioneiro implementado pela Marfrig Beef e que estabelece um patamar mais elevado na maneira de pensar e conduzir o agronegócio sustentável", comemora James Cruden, CEO da Marfrig Beef.

"A Marfrig foi pioneira ao implementar um Sistema de Gestão Integrado (SGI) amplo que compreende certificações nas normas ISO 14001 (Ambiental), ISO 22000 (Segurança dos Alimentos), OHSAS 18001 (Saúde e Segurança) e SA 8000 (Responsabilidade Social). A certificação da Rainforest Alliance abre agora novas e importantes portas comerciais junto ao mercado de alimentos com 'selo verde' ", complementa o executivo.

"Acreditamos que esta certificação é um passo inicial importante, dado não só pelo compromisso e coragem da Marfrig em transformar a pecuária no Brasil e no mundo, mas também para posicionar em um patamar mais elevado as práticas sustentáveis entre todos os envolvidos na cadeia do setor", reforça Maurício Voivodic, secretário executivo do Imaflora.

No início deste ano, a Fazenda São Marcelo, localizada também em Tangará da Serra, foi a primeira propriedade de produção de ciclo completo de gado a receber o selo RAC e será agora a fornecedora inicial dos primeiros rebanhos para a Marfrig.

 



Voltar